close

dezembro 2016

Viagens

Alô, Brasília! Onde comer no Aeroporto de Brasília?

1062

Entre 2017 e 2018 25 novas lojas serão abertas no Aeroporto de Brasília, você poderá saborear um ótimo café, aquela carne nobre, comidas típicas de outros estados e tudo isso sem sair do Aeroporto Internacional JK de Brasília.

Para os apaixonados por viagem, vem novidade por aí! Quem viaja, sabe que sempre bate aquela fome antes de embarcar, pelo menos um café todos param para tomar! De acordo com o Presidente da Inframerica, Daniel Ketchibachian, foram feitas pesquisas para entender o perfil comercial de cada passageiro, e prometem já para este final de ano e início do ano que vem, novos pontos comerciais e maiores ofertas no Aeroporto de Brasília.

O Aeroporto de Brasília vem expandindo suas lojas e restaurantes há 4 anos, e até o final de 2017, será realizada a abertura de 25 novas lojas, se somando ás 80 já existentes.

As novidades que já estão em funcionamento são: a Vitória Panificadora. Localizada no piso de desembarque, o estabelecimento oferece lanches, cafés, doces e pães fresquinhos. Perfeito para os amantes de café, principalmente se seu voo for pela manhã! Tem também a inauguração de 3 lojas da franquia brasiliense Capital Steak House. As refeições são em estilo casual dining americano, com carnes nobres e cortes especiais. Outra novidade em operação é o Mercado 153, localizado na praça de alimentação.

Diversas marcas em um só espaço

Outros marcas que prometem desembarcar aqui muito em breve são: Delta Café, Juice Bar, Amor aos Pedaços, Wine Bar, Expresso Mineiro, Chopp Bar, Frau Bondan, Giraffas e a Dunkin´Donuts, que abrirá duas lojas e será a primeira franquia em um aeroporto brasileiro.

SANTA MONICA, CA - SEPTEMBER 02: A general view of atmosphere during the Dunkin' Donuts Santa Monica Grand Opening on September 2, 2014 in Santa Monica, California. (Photo by Rachel Murray/Getty Images for Dunkin' Donuts)
Que tal uma caixa de Donuts enquanto você espera seu avião?

Para a tristeza de nós, brasilienses, não foi dessa vez que a Starbucks desembarcou em Brasília… 🙁

E aí, gostaram das novidades?

A história do Aeroporto Internacional de Brasília

Inaugurado em 03 de maio de 1957, antes mesmo da capital federal, o Aeroporto de Brasília é, desde então, um importante centro de conexões do país. Hoje, considerado um dos principais hubs sul-americanos, o Terminal transporta mais de 19,8 milhões de passageiros anualmente.

Em 2012, a administração de todo o sítio aeroportuário passou a ser realizada pela Inframerica. À época, o Consórcio deu início às primeiras grandes obras de reforma e ampliação do Aeroporto. As melhorias e principais estruturas desta etapa foram entregues em maio de 2014, após 18 meses ininterruptos de obras em meio à plena operação do Terminal, então, o 4º em movimentação de passageiros do país.

Inaugurado em 03 de maio de 1957, antes mesmo da capital federal, o Aeroporto de Brasília é, desde então, um importante centro de conexões do país. Hoje, considerado um dos principais hubs sul-americanos, o Terminal transporta mais de 19,8 milhões de passageiros anualmente.

Com as obras de ampliação realizadas até o momento, o Aeroporto de Brasília se consolidou como o 2º maior do Brasil em movimentação de passageiros e o maior hub doméstico do país, com capacidade para receber até 21 milhões de viajantes anualmente.  A área total do Terminal passou de 60 mil m² para 110 mil m² – um aumento de 45% – e as taxiways e pistas de pouso e decolagem foram reformadas e, juntas, somam 300 mil m² atualmente.

Outra importante melhoria foi o incremento de 67% na capacidade do pátio, totalizando 70 posições para estacionamento de aeronaves, das quais 29 são pontes de embarque – o que ajudou a diminuir para menos de 20% das operações em posições remotas.

A capacidade de pista também aumentou e é hoje a maior do país, podendo operar até um voo por minuto. Além disso, o aeródromo é o único da América do Sul a operar pistas paralelas simultâneas independentes. Ou seja, só no Terminal brasiliense aviões podem pousar e decolar ao mesmo tempo em ambas as pistas.

Mas, o crescimento não foi apenas estrutural. Serviços melhoraram, opções comerciais aumentaram e se diversificaram e o Aeroporto tem se tornado em um exemplo de modernidade e eficiência aérea.

Com investimentos contínuos em tecnologia e segurança, a Inframerica busca melhorar cada vez mais a experiência de todos. Balcões de check-in compartilhados foram introduzidos, diminuindo filas e agilizando o processo de embarque. Os mais modernos carros de bombeiros e novos equipamentos de raio-X foram adquiridos, melhorando ainda mais a segurança aérea do Terminal. E todas as equipes Inframerica, das mais diversas operações, são treinadas e têm como objetivo prover a melhor, mais segura e eficiente experiência da aviação civil brasileira.

Leia mais